Artes Sacras | Como a arquitetura sagrada está moderna

Artes Sacras | Como a arquitetura sagrada está moderna

A arquitetura sagrada, como toda a arte, exige a transposição da beleza, do sentimento à ação, do pensamento à matéria.

Na arquitetura sacra moderna,  mais importante do que conhecer as formas e técnicas de arquitetura, é saber e entender o contexto das palavras igreja, comunidade orante e as normas do concílio, ainda assim, a liberdade da arte deve estar presente.

Além disso, sempre deve ser um projeto que transmite valores como a soberania de Deus, realeza de Cristo e a valorização do homem afinal é ali que a comunidade estará presente.

Tudo que se desenha na arquitetura sagrada tem

 

Entretanto, quando se trata de dar ao edifícios antigos doses de modernidade, de receptividade, o arquiteto deve transmitir a comunidade o sentimento de que, mesmo na imobilidade de uma arquitetura do passado – que deve ser respeitada –  bate um novo coração, corrente com os novos tempos e que permite o melhor acolhimento e a maior participação da comunidade.

Mobiliário Sagrado ou Arte Sacra

No presbitério, principalmente, há três pontos importantes e que devem ser pensados antes da construção da igreja, pois possuem normas que devem ser apreciadas pela Comissão Diocesana de Arte Sacra (espaço litúrgico).

O Altar, que é a mesa da eucaristia. Geralmente confeccionado em granito para destacar a nobreza do material, além de  transmitir a solidez da peça.

O Ambãoque é a mesa da palavra. Principalmente é o lugar de onde se proclama e anuncia a Palavra de Deus;

igreja, ambão, granito café imperial, unipedras

E a Sédia, que é a cadeira do presidente. Geralmente acompanhada das cadeiras dos presbíteros. Exercendo hierarquia sobre elas.

poltrona padre, ministros

Essas três peças são as mais importantes e primordialmente devem ficar visíveis logo que se olha para o presbitério.

Na arquitetura sagrada, muitos liturgistas defendem o uso da pedra natural, não apenas pela sua demonstração de solidez. Como também por pela bíblia, pois quando se quer falar sobre Cristo, se relaciona muito mais a pedra. É uma certa tendência.

Neste projeto do arquiteto Sidnei Machado ( @arq.sidneimachado ) que executamos, a Igreja Nossa Senhora de Fátima recebeu o granito marrom café. Uma pedra escura que contrasta com as cores claras do porcelanato no piso, bem como nas divisórias que criam dois volumes na parte de trás das poltronas e também nos pedestais de madeira natural.

Além de todo o projeto, um grande destaque é a iluminação que contempla a arquitetura e a liturgia. 

 

Share:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn
Joana

Joana

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media

Temas Populares

Get The Latest Updates

Subscribe To Our Weekly Newsletter

No spam, notifications only about new products, updates.

Categories